Queremos ser admirados porque não temos respeito por nós mesmos. Precisamos de admiração!

Logo desde o princípio, somos condenados pelos nossos pais, professores, padres, políticos, toda a ordem estabelecida.

A mesma observação é continuamente repetida a todas as crianças:

“Aquilo que estás a fazer não é certo. Tu estás a fazer aquilo que não deve ser feito e não estás a fazer o que deve ser feito.”

Direta e indiretamente, dão a cada criança a impressão de que não é realmente querida, que os seus pais estão cansados, que ela é um aborrecimento. Isto cria uma ferida profunda em cada um de nós. Para taparmos essa ferida, procuramos a admiração.

Espiritualidade de A a Z Osho

Pin It on Pinterest

Share This